Tipos De Chuva

Post original em Blog Ana Wanke

Como trabalhamos com roteiros na natureza, temos uma imensa ligação com a previsão do tempo e a ocorrência ou não de chuva.

Pensei em começar direto falando dos tipos de chuva, que achei legal fazer uma introdução dizendo o que é chuva…  Por isso fui ao tio Google e procurei o significado de “precipitação”.

Achei engraçadas as várias definições que encontrei para uma coisa tão simples:

  • Latim (praecipitatĭo): termo refere-se ao processo e ao resultado de precipitar (cair de uma altura).
  • Dicionário: retorno do vapor d’água atmosférica no estado líquido ou sólido à superfície da terra.
  • Meteorologia: Diz respeito à água que cai à superfície terrestre da atmosfera. A chuva, o granizo e a neve, neste sentido, são tipos de precipitação.

Ops, descobri que precipitação pode ou não ser chuva. E o que eu queria mesmo era falar dos tipos de chuva!
Elas são formadas de várias maneiras e recebem classificações de acordo com suas respectivas características. Podemos classificar de maneira geral em três categorias:

Chuvas Orográficas (ou de Relevo): Ocorre quando uma massa de ar carregada de umidade sobe ao encontrar uma elevação do relevo, como uma montanha por exemplo. O ar mais quente (mais leve e, geralmente, mais úmido) é empurrado para cima, ocorrendo a condensação do vapor d’água, provocando um chuva fina e contínua. O interessante é que a massa que é forçada a ascender e precipita de um lado chamado “barlavento”, em muitos casos não precipita do outro lado, o “sotavento”. Essas acontecem muito na nossa Serra do Mar, onde a umidade que vem do oceano encontra a barreira das montanhas.

Chuvas Convectivas (ou de Verão): Também conhecidas como chuvas de verão, são aquelas que se formam a partir da circulação do ar em uma determinada localidade, havendo um movimento ascendente do ar quente (carregando bastante umidade) e descendente do ar frio. São caracterizadas por serem de curta duração, porém de alta intensidade e abrangem pequenas áreas. Com esse tipo de chuva temos que tomar um grande cuidado por pode vir de forma violenta e inesperada.

Chuvas Frontais: Ocorrem no encontro de massas de ar, uma quente e outra fria. São caracterizadas por serem contínuas, apresentarem intensidade baixa a moderada e abrangem grande área. São as chamadas frentes frias, que duram dias e podemos acompanhar a sua chegada.

Ah e para fechar essa matéria, não podia omitir mais uma descoberta: orvalho, o nevoeiro (neblina) não são chuva, são formas de condensação da água, assim como as nuvens!